InícioMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Sala de Estar 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Sala de Estar 2   Qua Ago 21, 2013 3:03 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qua Ago 21, 2013 3:28 pm

Assim que chegámos a casa, fomos direitos a uma das salas de estar. Sentei-me com cuidado, olhando-o. Eu já tinha uma grande barriga, nota-se que estou grávida a léguas. Suspirei e olhei em redor - Gosto tanto da nossa casa - Confessei bastante sorridente. Mordi o lábio ao olhar para o meu relógio - Queres que te faça alguma coisa para comeres amor? Eu não tenho grande fome - Murmurei a última frase. Não sei bem porquê, mas hoje estava particularmente nervosa com a consulta, com a ecografia
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qua Ago 21, 2013 3:34 pm

Verdade seja dita, a nossa agora, depois das obras e da decoração, estava fantástica. E fora Felice quem tivera todas as ideias e se encarregara da decoração. - Fizemos um bom trabalho - respondi com um sorriso - Ah... acho que vou comer qualquer coisas. Mas eu posso tratar disso, não te preocupes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qua Ago 21, 2013 3:37 pm

- Eu posso fazer-te alguma coisa amor.. Mas se tratas tu disso eu acho que vou então tomar um banho relaxante, para depois irmos para o hospital. Quanto mais cedo lá chegar, mais cedo me atendem.. - Sorri e beijei-o calma e apaixonadamente. Levantei-me depois do sofá com uma pequena dificuldade e fiquei diante dele
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qua Ago 21, 2013 5:27 pm

Levantei-me também e pousei um beijinho na sua face - Tens razão. Se precisares de mim, estou na cozinha - avisei e segui para essa divisão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qua Ago 21, 2013 5:30 pm

Assenti e segui então para as escadas, subindo-as devagar, apoiando-me no corrimão.

encerrado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Seg Mar 30, 2015 4:27 pm

Eu sempre tivera curiosidade em conhecer o Monroe. Afinal, fora ele que há mais de vinte anos atrás financiara a criação do Monroe College, que hoje pertencia à minha família. Sempre me indagara porquê que um homem como Monroe investia tanto em algo para depois apenas salvaguardar 35% das ações. O resto era dos Sullivan. 
Quando entrei na sala surpreendi-me com a figura. Tinha imaginado Monroe como um daqueles típicos ricalhaços americanos, rechonchudos, semi carecas e com um dente de ouro. E feio, uma vez que já dera de caras com o filho que não era nenhum Hércules. Contudo Monroe não era nada assim. Alto - quase tão alto como eu - e com um porte altivo e bem cuidado. Bem conservado, portanto.
- Boa tarde, Sr.Monroe. Sou o Mikko Sullivan - Era impressão minha ou por momentos ele esboçara uma expressão de desagrado? Aproximei-me e dirigi-lhe um aperto de mão - Prazer em conhecê-lo. 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Seg Mar 30, 2015 4:56 pm

Achei por bem descer com Mikko e manter-me por perto. Mikko sabe muito bem tratar das coisas sozinho, mas caso haja necessidade de o acalmar, eu sou o seu melhor remédio. O senhor Monroe fez uma pequena careta perante a apresentação do empresário mais novo.
- É compreensível que queiras manter a aparência de homem de negócios, mas com o teu pai não é necessária tanta formalidade. - Senhor Monroe demonstrava agora um sorriso algo carinhoso, nostálgico. Mal consegui reagir. Simplesmente abri a boca num perfeito "O", olhando-os, não sendo capaz de proferir uma palavra que fosse. - Há quanto tempo, filho...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Seg Mar 30, 2015 8:15 pm

A visita daquele homem que eu nunca tinha visto na vida já era de si estranha. Contudo nada me poderia ter preparado para o quão bizarra se tornaria. O meu pai? O Monroe? A chamar-me filho? Estaquei.
- Com todo o respeito, Sr.Monroe, mas não entendo o que quer dizer.
- Chama-me pai, Mikko. Sou o teu pai. 
Ok, mas que raios se estava a passar aqui? Cruzei os braços, irritado. Ele começou por se explicar. - Eu gostava muito da tua mãe, Mikko, mas estava preso a um casamento de conveniência. A Grace não entendia. Eu disse que se esperasse algum tempo, eu separar-me-ia. Queria assumir-te, mas ela não deixou. Sei que é tarde, Mikko, mas és meu filho, caramba. Quero agir como teu pai, já não há distância, mas de perto. Nunca deixei que te faltasse nada.
- Só me faltou um pai.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Seg Mar 30, 2015 10:30 pm

Aquilo estava a ser demais, até para mim. Apesar de estar meio paralisada, vi-me obrigada a acordar de mil e um devaneios e intervir. - Senhor Monroe... - Sorri-lhe à medida que me aproximava e quase me metia entre os dois, como se estivesse a impedir que alguma briga acontecesse. - Eu acho que o melhor é ir-se embora e conversarem noutra altura. O seu filho, como você afirma que é, precisa de tempo para pensar e assimilar tudo isto. Como deve saber, não é fácil. - Respirei fundo e olhei-o novamente. - Por isso, se não se importa e sem querer parecer rude ou malcriada, eu peço-lhe, com todo o respeito, que saia. Tenho a certeza que Mikko lhe ligará quando estiver disposto a conversar consigo. - Falei-lhe. Apesar de ter um pequeno sorriso, estava a falar muito a sério. E não era Milo em meus braços que me roubava toda aquela seriedade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qua Abr 01, 2015 6:22 pm

O Monroe,ou deveria dizer meu pai agora?, ficou por momentos imóvel, como se preferisse ignorar o que Felice acabara de dizer e continuar a dizer as balelas que dissera até ao momento. Eu estava a repensar a minha vida toda. Nem conseguia falar.
O Monroe deixou um cartão em cima da mesa - Por favor, liga-me Mikko. - Assenti ligeiramente. Vi-o sair de nossa casa, sendo que Felice acompanhou-o até à porta.
Respirei fundo quando o homem saiu de minha casa. Depois atirei-me para o sofá e afundei a cabeça entre as mãos - Mas que raios...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qui Abr 02, 2015 6:50 pm

O Sr. Monroe não parecia agora muito satisfeito comigo. Olhava-me como se eu fosse a má da fita naquela história, por o estar a afastar um pouco mais do seu suposto filho.
- Por favor, Felice, lembra-lhe de me ligar...
- Ele não se esquecerá, Senhor Monroe. Eu prometo-lhe. - Dito isto, despedi-me dele e fechei a porta, acabando por até a trancar. Deus do céu... Voltei o mais depressa que pude para a beira do meu namorado e sentei-me ao seu lado, acariciando-lhe uma das mãos com a mão livre.
- Então meu amor? Eu nem sei o que dizer... Devia de ser isto que a tua mãe te estava a tentar contar... Faz sentido agora o seu quase estado de choque, o pânico dela...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qui Abr 02, 2015 6:54 pm

Por momentos não consegui falar nem reagir às palavras de Felice. Um turbilhão de coisas passava-me pela cabeça sem que eu pudesse controlar. Não sabia o que acreditar nem o que sentir ou pensar a respeito do que passara a saber.
- Faz sentido? Pois claro! Anda-me a mentir há 22 anos e viu-se aflita no momento em que percebeu que já não ia ser assim - Sentia-me revoltado. Levantei-me abruptamente - Vou falar com e é já.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qui Abr 02, 2015 7:05 pm

Compreendia, de certa forma, a sua revolta. O problema é que o nosso filho começava a chorar em meus braços e o meu namorado estava completamente alterado e eu não sabia o que fazer. Não com tanta rapidez e facilidade, acabei por me levantar também e aproximei-me dele assim que consegui acalmar Milo um pouco. - Amor, por favor tem calma... O melhor é tentares acalmar-te um pouco e depois vais lá... Sabes que agir de cabeça quente não ajuda. Por favor amor, peço-te. Eu vou contigo amor. Eu estou aqui para te apoiar mas por favor, acalma-te um pouco... - Quase implorei, acariciando o seu rosto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qui Abr 02, 2015 7:56 pm

Eu não conseguia esperar. Nem pensar. Não queria ferir os sentimentos de Felice, mas não queria que ela viesse comigo nisto - Eu tenho de ir agora. Sozinho. - Disse bastante convicto e afastei-me - Tenho de saber o que realmente se passou. Se o Monroe é mesmo meu pai e se ele disse a verdade. Vou até casa da minha mãe agora - Roubei-lhe um beijo apressado - Não esperes por mim acordada - Avisei e saí de casa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Qui Abr 02, 2015 8:05 pm

- Oh amor... - Murmurei, quase desesperada. Não sabia mesmo o que fazer e sentia que, sem mim por perto, tudo iria ser pior. Acabei por ir até à janela e acenar-lhe enquanto se afastava, mesmo que ele não estivesse a ver. - Eu não vou conseguir dormir... - Sussurrei para mim mesma e depois... Tive de fazer um esforço enorme para me concentrar na pessoa que requeria toda a minha atenção: Milo. Mas, com toda aquela confusão, eu só conseguia pensar no que podia estar acontecer entre Miko e Grace. Como estariam, como estaria Mikko.
À noite, depois de deitar Milo, acabei por ficar acordada, sentada no cadeirão do quarto e vestida de camisa de dormir e robe. Apesar de adormecer de vez em quando, era um sono demasiado leve e acabava sempre por voltar a acordar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Ter Abr 21, 2015 8:29 pm

Em pouco tempo, já nós estávamos todos numa das salas de estar. Milo, ainda nos braços do pai, olhava-me muito preocupado e perguntava demasiadas vezes se a mamã estava bem. Eu ainda fazia um esforço para lhe lançar um sorriso carinhoso, mas às vezes era-me impossível. Grace de repente deixou de ser a minha sogra e passou a ser a profissional que era. Só lhe faltava mesmo a bata do hospital.

- Como te sentes, querida? Sê sincera, por favor. O que é que andaste a fazer para teres chegado a este estado? - Aquelas questões fizeram-me recordar o que acontecera durante todo o dia, e senti-me logo mal. Não devia ter exigido tanto de mim, eu sei...

- Eu passei o dia praticamente todo em pé, com o Milo ao colo e a fazer a lida da casa. Foi por isso que eu me atrasei e não consegui ir visitar-te mais cedo amor, desculpa. - Afirmei, olhando agora Mikko. Mordi o lábio e respirei fundo, olhando de novo para Grace que massajava a área do meu ventre. - Eu só precisava mesmo de me sentar um pouco... A dor já abrandou, a sério dona Grace. - Depois de suspirar, Grace lá se levantou e assentiu.


- Vou fazer-te um chá e trago-te algo para comeres, que de certeza que não comeste nada de jeito. Vocês sentem-se ali nos outros sofás e comportem-se. - Ela estava com uma postura autoritária, mas por uma boa razão. Assenti, em modo de concordância, e deixei-me ficar meio deitada, meio sentada, num dos sofás maiores. Olhei Mikko, quase pedindo que se sentasse no mesmo sofá que eu. Havia espaço para eles à vontade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Ter Abr 21, 2015 8:47 pm

Era tudo culpa minha. Eu ia trabalhar sem sequer pensar se ela tinha muito que fazer, ou se precisava de ajuda. Eu nem lhe ligava durante o dia para saber como ela estava. Que raios de namorado era eu?
Deixei Milo na área da sala destinada às suas brincadeiras. Tinha um tapete grande e fofo e alguns bonecos para se entreter. Aproximei-me de Felice e sentei-me perto dela, agarrando-lhe a mão e acariciando-a - Tu tens de descansar, Felly. Ainda não estás recuperada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Ter Abr 21, 2015 8:51 pm

Sorri e acenei a Milo quando ele foi brincar e sorri depois ao seu pai, assim que segurou a minha mão. - Eu sei amor, mas havia tanta coisa para fazer aqui em casa... E o Milo esteve tão rabugento o dia inteiro e só estava bem quando estava no meu colo e pronto... Eu esqueço-me dessa última parte, que não estou recuperada. - Respirei fundo e passei a mão pela barriguina. - Eu já estou melhor amor, a sério. - Dei-lhe um beijinho na mão e encostei a cabeça no sofá.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Ter Abr 21, 2015 9:07 pm

- Mesmo assim... Descansa agora - Disse, na esperança que ela ficasse melhor. No que dizia respeito a Felice, eu já tinha medo de tudo. Ela era frágil embora parecesse forte. Eu tinha que a apoiar mais. 
Virei-me um pouco ansioso e encarei o meu pai que ainda ali estava. - Obrigado, sabe... por... hum.. - Não sabia o que dizer.
- Não tens nada que agradecer, Mikko. 
Entretanto a minha mãe regressou com uma chávena fumegante na mao.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Ter Abr 21, 2015 9:21 pm

- Eu estou a descansar, amor. - Sorri-lhe e assim fiquei, no meu cantinho naquele sofá. Mesmo assim, não lhe larguei a mão no momento em que agradecia ao... Pai. Sentei-me melhor quando Grace regressou e agradeci-lhe pelo chá.

- Não tens de agradecer, filho. Eu não fiz nada de especial, só trouxe a tua namorada para aqui, mais nada. - Ele tinha um sorriso muito simpático e encantador. Dei por mim a pensar e a reparar no rosto do senhor, tentando aperceber-me das semelhanças. Quando Grace se sentou ao lado dele, começaram a contar toda a história, todo o passado deles, completando por vezes as frases um do outro. Notava-se que não havia nem uma mentira ali. Mikko continuava pouco agradado, mas já se mostrava mais... Compreensível. - Eu não fui bom para a tua mãe, nada bom. E sempre que eu recebia as cartas dela, que me contavam sobre o teu crescimento e como tu eras... Ela culpava-me tanto pelas tuas rebeldias. E tinha razão. - Suspirou, olhando Grace.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Sex Abr 24, 2015 8:46 pm

Não era que eu estivesse com disposição para os ouvir. Contudo, após o pânico que sentira até à segundos com Felice tinha-me deixado num estado... aceitável? Não me quis afastar dela e eles simplesmente começaram a falar por isso ouvi. Era como desenrolar o lado oculto da minha vida, fazendo-me perceber que podia ter sido tudo diferente. Tudo.
- Nenhum de vós me devia ter ocultado nada. Cresci a pensar que não tinha pai. E na verdade, nunca tive, não é verdade? - Contive-me para não revirar os olhos - Mas agora sou pai também e entendo. Não quereria ter crescido como o bastardo, o escondido - Disse-o com um pouco de amargura - Porquê agora? Revelar-se?
Ele ficou calado por uns segundos. Obviamente, partira dele essa iniciativa - Sei que é tarde Mikko e arrependo-me completamente. Sempre quis estar presente mas por uma razão ou outra nunca foi o melhor momentos. Mas olha para ti agora, filho. És um orgulho. Estás bem encaminhado, tens um cargo importante no colégio - a empresa desta família  - , tens uma belissima mulher que te ama e tens filhos próprios. - Por outras palavras, só agora é que ele se orgulhava de mim, era? - Quero estar presente na próxima fase da tua vida e ajudar-te. Recompensar-te. Quero que sejas o meu braço direito, o meu herdeiro legar. Todo o meu império será teu um dia.
O que raios acabei de ouvir eu?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Sab Abr 25, 2015 11:24 pm

Aquilo na verdade não tinha nada a ver comigo, mas senti uma vontade enorme de me meter na conversa, mesmo sabendo que não devia. - Desculpe estar a meter-me na vossa conversa... Eu quero desde já avisar que não quero parecer rude, muito menos mal educada ou meter-me onde não sou chamada... Mas apesar de o Mikko não ser meu oficialmente o meu marido, é como se fosse. E infelizmente, eu conheço-o ligeiramente melhor, a si e ao seu filho, do que Mikko. Primeiro, obrigado pelo elogio. A sério. Mas tenho de dizer e questionar isto... Eu sei que o Mickael é um pouco mais velho que Mikko. E normalmente, quando os pais querem passar algo a um dos filhos, costuma ser ao mais velho, que neste caso não é o Mikko mas sim o Mickael. - Fiz uma pequena pausa e suspirei. Não te enerves, Felice. - Você passou uma vida inteira ao lado de um dos seus filhos, e esse não foi o Mikko. Praticamente, e muito infelizmente, não conheço o seu filho. Agora eu pergunto-lhe: porquê o Mikko e não o Mickael? E quando responder, não me responda a mim, mas sim ao seu filho. - Falei seriamente, olhando o meu namorado que parecia estar meio aparvalhado. Não tarda quem trabalha na empresa também sou eu. Respirei fundo e acariciei a barriga com cuidado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Mikko Sullivan
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 2884

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Dom Abr 26, 2015 12:01 pm

Agradeci mentalmente a Felice por intervir e pôr em palavras aquilo que a minha mente perguntava também. Mas, ao mesmo tempo, não queria que ela se preocupasse com estas coisas nem que se afligisse. Afaguei a sua mão calmamente, como que lhe pedindo que não se exaltasse. 
O Monroe não pareceu surpreendido pela pergunta. Ao mesmo tempo, parecia incomodado e embaraçado por ter de a responder - Vocês já viram como o Mickael é. Só pensa naquilo que quer e nele mesmo, no dinheiro e no poder. É preciso mais do que isso para gerir o meu império. É preciso qualidades que só tu tens Mikko - Respondeu - Tens esse direito como meu filho.  - Hum... que treta era tudo isto. Não sabia o que pensar. - Não tens de me dar uma resposta agora. Eu dou-te tempo. Gostava de te conhecer melhor e... que me conhecesses melhor a mim também. Diz-me que vais pensar nisso, Mikko. Por favor.
Durante um minuto não falei. Olhei para Felice por momentos procurando alguma intuição. Suspirei - Está bem. - Havia uma parte de mim que o queria. Como seria ter um pai. Ou melhor, como seria poder dar outro avô aos meus filhos. Ia dar uma chance ao Monroe. 
- Óptimo! - Ele sorriu genuinamente e por momentos tocou na mão da minha mãe de uma forma muito...intima? O que era aquilo? - Que tal começarmos por um almoço? Amanhã, talvez?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Felice Scorpius
Sociais
Sociais
avatar

Mensagens : 3003
Localização : MC - Lake City - Florida.

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   Dom Abr 26, 2015 9:36 pm

- Hmm. - Naquele momento foi a única coisa que eu fui capaz de lhe responder. Não ia fazer mais nenhum comentário, porque ainda me enervava mais do que eles todos juntos e não havia necessidade. Quer dizer... Lembrou-se de vir ter com o filho porque aquele que tem em casa uma vida inteira não presta para aquilo que ele precisa?
Mas por outro lado... É o pai de Mikko. E ele merece conhecer o pai, mesmo sendo agora. Nunca é tarde demais para conhecer um pai ou uma mãe. Assenti a Mikko e suspirei, olhando-os depois. - Eu fazia-vos o almoço de bom agrado mas depois do dia de hoje... - Suspirei meio atrapalhada e olhei Grace. - Se quiser que seja em sua casa eu posso levar-vos algumas coisas... Ou, bem, como quiserem... - Falei nervosa, e respirei fundo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ivyhurst.blogs.sapo.pt
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sala de Estar 2   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sala de Estar 2
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Hall e Sala de Estar
» Sala de Estar
» SALA DE ESTAR CONJUGADA COM A SALA DE JANTAR
» Sala de Estar
» [Dojo da Reine]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Monroe College :: Cidade :: Cidade :: Área Residencial :: Antiga casa dos Sullivan-
Ir para: